No ano de 2000 a Fazenda Lambari e a Astro Café promoveram uma ação cultural cujo principal foco era incentivar a leitura na zona rural do município de Poços de Caldas, MG. Coordenados pela A COR DA LETRA - Centro de Estudos e Pesquisas em Leitura, Literatura e Juventude - os professores de duas escolas rurais receberam formação de mediadores de leitura, e as escolas receberam doação de acervos de livros de literatura infantil e juvenil para sua biblioteca.

Para melhor operacionalizar estas ações, em 2002 foi criada uma associação: Instituto Lambari Arte Cultura e Educação, que têm por missão:

Apoiar, incentivar, desenvolver e promover cultura, educação, cidadania, preservação e conservação do meio ambiente e o desenvolvimento sustentável.

Em outubro de 2003, em ação conjunta com a Kaffehuset Friele S. A., a Astro Café e a Fazenda Lambari ampliaram esta proposta com a construção do Centro Educacional e Cultural Kaffehuset Friele.

O Centro Educacional e Cultural Kaffehuset Friele tem por missão promover e divulgar a cultura regional, brasileira e universal em Poços de Caldas. Através da valorização da diversidade de experiências culturais de uma sociedade tão complexa e heterogênea como a brasileira, apoia as manifestações culturais que contribuem para a expansão da liberdade de expressão, da criação artística e intelectual e estimula a concepção de ações culturais.

Ao considerar a Cultura como um eixo essencial para a construção da identidade do país e um dos instrumentos mais eficazes na promoção da cidadania, o Centro Cultural oferece ao público uma programação gratuita e diversificada, além de manter acessíveis um acervo de literatura e um espaço informatizado voltado para o uso, pesquisa, produção de conteúdo, fomento e estímulo à produção e difusão de manifestações artísticas em diferentes áreas de expressão.

A educação no Brasil está longe de ser satisfatória. Embora os mais recentes diagnósticos apontem índices mais positivos, ainda há muito a ser feito. Grande parte da população residente nas zonas rurais brasileiras tem acesso muito restrito aos bens culturais. Por outro lado possui sua cultura própria, seus mitos, suas histórias. Garantir que essa população mantenha suas crenças e costumes e que possa valorizar aquilo que lhe dá identidade é fundamental. Além disso, também é necessário possibilitar que conheçam e tenham acesso ao que é universal.

Em nossa proposta, toda ação se desenvolve a partir da leitura de literatura. A leitura permite o contato com o diferente, com outras formas de pensar e de se relacionar com o mundo e com a natureza. Lendo, as crianças ampliam seus conhecimentos, seu imaginário e sua linguagem. A linguagem é a ferramenta básica através da qual nos relacionamos com o mundo, dando-lhe significado e possibilitando a interação nos diferentes contextos sociais em que estamos inseridos.

Foi através desta possibilidade da leitura de literatura e do contato com as narrativas em geral que muitos outros trabalhos surgiram e se ampliaram ao longo desses quase doze anos de existência do Centro Educacional e Cultural Kaffehuset Friele.

Em 2012 a então proprietária da Fazenda Lambari - Sra. Anna Helena Mariani Bittencourt doou o terreno onde está localizado o Centro Educacional e Cultural Kaffehuset Friele e seus anexos ao Instituto Lambari de forma a que este trabalho pudesse vir a ter maior autonomia e se afirmasse enquanto espaço de uso público. Várias iniciativas têm sido feitas desde então para desenvolver e sustentar esta ação.

O Espaço está localizado na Rodovia Poços à Palmeiral, KM 12, próximo a Fazenda Lambari. O horário de funcionamento é de segunda a sábado de 08:30 as 18:00 e nos feriados de 10:00 as 13:00 e de 14:00 as 17:00 horas.